Cuidar

Raça do mês - British Shorthair

Raça do mês - British Shorthair

| História e Origem |

 

Ao falar da raça British Shorthair o fazemos de uma das raças mais antigas da Europa. A origem destes gatos não está de todo provada, ainda que se pensa que esses descendem do cruzamento de gatos romanos que chegaram à ilha com os gatos nativos que habitavam lá. Este cruzamento se originou até à mais de dois mil anos.
O que sim está comprovado é quem foi o verdadeiro impulsor da raça, e não outro do que um criador inglês chamado Harrison Weir a finais do século XIX. Este impulsou cruzamentos entre os exemplares de British Shorthair mais bonitos. Foi igualmente o encarregado de organizar a primeira exposição felina no Crystal Palace de Londres. Esta se celebrou em 1871 e o British Shorthair foi, claro, um dos grandes protagonistas da convenção.
Desde as suas origens estes gatos foram apreciados pela sua destreza para caçar e pela sua força física, ainda que o caráter afável que estes animais apresentavam frente aos humanos também foi um grande ponto a seu favor.
A vida da raça correu perigo durante as duas guerras mundiais, mas criadores admiradores da raça recorreram à raça perda para realizar cruzamentos à quase extinta raça British Shorthair, para torna-los numa raça mais pesada, arrendondar a silhueta e aumentar a gama de cores da pelagem.

 

| Temperamento e Carater |

Com o seu aspeto de ursinho de peluche este gato é calmo. Alegre, paciente, bastante equilibrado e pouco emotivo. De carater constante, é de fácil convívio. Adapta-se muito bem à vida na cidade, assim como no campo, onde se revela um excelente caçador. Sociável com os seus congéneres e cães, pode mostrar-se vivo e brincalhão. É muito afetuoso, mas não é abusador. Rústico, só atinge a maturidade perto dos 2 a 3 anos. A puberdade é relativamente tardia.

É um gato muito inteligente, carinhoso, pouco exigente, silencioso, discreto mas, muito senhor de si mesmo. 
Tem características muito peculiares, miam muito pouco ou quase nada, mesmo durante as fases do cio, no caso das gatas; não são gatos que gostam de estar constantemente no colo, ou seja, não são possessivos, eles sentam-se ao lado do seu humano ou das visitas e usufruem do momento; são gatos afetuosos que buscam e desfrutam da atenção do ser humano mas, calmamente e sem exigências esmagadoras.

 

| Saúde e cuidados específicos |

É conhecido pela sua saúde e vigor. São resistentes e de fácil manutenção: não susceptíveis a doenças e raramente contraem infecções no trato respiratório, fungos, etc. 
Requerem escovagem para retirar o excesso de pelo. Durante a época de muda, que é bastante significativa, deve ser escovado diariamente.
Recomenda-se cuidado especial com a alimentação, pois a raça tem a tendência a engordar devido ao seu apetite voraz unido ao sedentarismo comum da raça. Conhecidos pela sua higiene, os gatos limpam-se constantemente e isso dispensa banhos frequentes. As caixas de areia devem ser limpas diariamente, evitando que o animal escolha outros lugares para fazer suas necessidades. Não admitem a caixa de areia suja, é até são capazes de chamar a atenção para a sua limpeza.

 

| Curiosidades |

 - É uma das raças de gatos mais antigas de Inglaterra

- Amadurecem lentamente, e são conhecidos por manter sua jovialidade por toda a vida.

- Considerada uma das mais belas e mais procuradas raças em todo o mundo

Esta raça de gatos é uma das preferidas para entrar em filmes e em campanhas publicitárias.