Cuidar

Intoxicação por rodenticidas (Mata Ratos)

Intoxicação por rodenticidas (Mata Ratos)

Os fatores de coagulação II, VII, IX e X são produzidos no fígado numa forma inativa e necessitam de ser ativados antes de ser libertados na corrente sanguínea. A vitamina K é imprescindível neste processo.

Os rodenticidas (veneno para ratos) são anticoagulantes, atuando através da inibição da ativação da vitamina K resultando na diminuição da produção destes fatores de coagulação e no aumento dos tempos de coagulação levando à formação de hemorragias por todo o organismo.


Sintomas

Os sintomas relacionam-se com hemorragias, fraqueza e evidência de mucosas pálidas. As hemorragias podem ser observadas na forma de petéquias (pequenas hemorragias punctiformes na pele ou mucosas), epistaxes (sangramento pelo nariz), hematémese (vómitos com sangue) e diarreia com sangue. A febre pode também ocorrer esporadicamente. O hemotórax (acumulação de sangue no tórax) ou mesmo o hemopericárdio (acumulação de sangue dentro da membrana que envolve o coração – o pericárdio), são consequências comuns, resultando em dificuldades respiratórias e arritmias, respetivamente.


Diagnóstico

O diagnóstico é conseguido mediante a história clínica, a evidência de hemorragias em radiografias torácicas e/ou ecografia abdominal e principalmente pelo aumento dos tempos de coagulação.


Tratamento

O tratamento consiste na redução do contacto com o tóxico, através da indução do vómito ou lavagem gástrica se a ingestão tiver ocorrido há pouco tempo, na redução da absorção do tóxico, através da administração de carvão ativado e na administração do antídoto, a vitamina k1. Nos casos mais graves serão necessárias transfusões sanguíneas.

Em caso de hemorragia torácica pode ser necessária a drenagem do sangue de forma a facilitar a respiração do animal.

O prognóstico é excelente se o tratamento for iniciado atempadamente e se todos os cuidados de suporte forem fornecidos por centros de atendimento médico-veterinários com todo o equipamento e formação necessários como é o nosso caso.