Cuidar

Vida Reprodutiva - Cadelas e Gatas

1. Em que idade aparece o primeiro cio?

Cadelas:

Em média, as cadelas atingem a puberdade por volta dos 7 a 8 meses de vida. Contudo, cadelas de raça pequena podem apresentar o primeiro cio mais cedo, entre os 6 e 7 meses, enquanto as raças de porte grande podem iniciar o seu ciclo reprodutivo entre os 9 e 12 meses de idade.

Gatas:

Geralmente, as gatas apresentam o seu primeiro cio entre os 7 e 9 meses de idade, podendo variar entre os 5 e 12 meses, sendo que o início da atividade ovárica encontra-se influenciado por vários fatores. Regra geral, as gatas requerem um mínimo de 12h de luz por dia para iniciarem o ciclo e um peso mínimo de 2,3-2,5 kg.

 

2. Qual o intervalo de tempo entre cios?

Cadelas:

Com a exceção de algumas raças, normalmente as cadelas possuem intervalos de 6 meses entre cios.

Gatas:

As gatas são animais poliéstricos estacionais. Isto significa que o seu cio depende da época do ano, geralmente da primavera e verão (estacional), apresentando vários cios durante esta época (poliéstrica). Contudo, quando as gatas estão dentro de casa, sujeitas a 12-14h diárias de luz, podem apresentar cios durante todo o ano, incluindo as estações do outono e inverno.

 

3. Qual a idade adequada para acasalar?

Cadelas:

A idade conveniente para acasalar varia entre os 2 e 6 anos de idade. Regra geral, o primeiro acasalamento recomenda-se durante o 2º ou 3º cio, depois de o proprietário se ter assegurado de pelo menos um ciclo reprodutivo normal e completo. Não se recomenda acasalar animais que tenham superado a idade recomendada, pois aumenta a probabilidade de problemas durante o parto, existindo um maior risco de defeitos congénitos nos cachorros e uma redução do tamanho da ninhada.

Gatas:

De uma forma geral, as gatas não devem ser cruzadas no primeiro cio, já que as gatas jovens podem apresentar ciclos irregulares e a sua conduta sexual é difícil de prever. A idade adequada para acasalar será entre os 1,5 e 7 anos de idade.

Dentro do período reprodutivo, ocorrem cerca de 2 a 3 ciclos com uma duração média de 7 dias cada e com um intervalo aproximado de 2 semanas.

 

4. Como se processa o acasalamento e ovulação?

Cadelas:

O proprietário deve registar o aparecimento de edema vulvar, descargas vaginais sanguinolentas e interesse de outros cães pela cadela. O próximo passo será juntar os animais passados 5 a 6 dias para ver se a fêmea já o aceita o macho.

Como os machos são mais territoriais do que as fêmeas, é importante que seja a fêmea a deslocar-se ao “território” do macho, para aumentar a probabilidade de êxito do acasalamento. A partir do momento em que há aceitação por parte da fêmea, o ideal é deixá-los acasalar a cada 2 dias, durante o período de aceitação.

Gatas:

A espécie felina apresenta uma ovulação induzida (só ovula quando acasala). Em seres humanos e em cães, o ovário liberta (em determinada fase do ciclo reprodutivo) um ou mais óvulos. No caso das gatas, o óvulo só é libertado depois da monta. Se após o acasalamento, o cio persistir, isto significa que não houve fecundação e que a fêmea não está gestante.

 

5. Qual a duração da gestação?

Cadelas:

Nas cadelas, a gestação dura cerca de 63 a 65 dias a partir do primeiro acasalamento, podendo variar entre os 56 a 70 dias.

Gatas:

A gestação felina dura aproximadamente 63 a 67 dias, podendo variar entre os 59 e 71 dias.

 

6. Como se realiza o diagnóstico de gestação?

Cadelas e Gatas:

A confirmação da gestação de uma cadela e gata pode ser feita a partir dos 16 a 20 dias de gestação, através de uma avaliação ecográfica.

 

Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, não hesite e aconselhe-se com o seu médico veterinário.