Cuidar

Queratite Superficial Crónica (Pannus)

Queratite Superficial Crónica (Pannus)

É uma doença muito comum no Pastor Alemão, embora mais raramente possa ocorrer em qualquer outra raça ou mesmo em cães cruzados.

Julga-se que é uma doença imunomediada. O sistema imunitário não reconhece a córnea como sendo um tecido pertencente ao organismo reagindo a ela do mesmo modo que reage a um tecido pertencente a um organismo estranho ou transplantado. Há então um crescimento progressivo de vasos e tecidos cicatricial desde a periferia para chegar a afetar toda a córnea. Com o tempo (cronicidade) as zonas afetadas tornam-se pigmentadas (pretas e opacas) podendo mesmo causar cegueira.

No Pastor Alemão, julga-se que há uma predisposição genética mas as radiações ultravioletas têm um papel preponderante no desenvolvimento da doença.

O tratamento é feito com drogas aplicadas localmente que deprimem a acção do sistema imunitário. Utilizaram-se corticosteróides e ciclosporina topicamente.

O tratamento tem que ser mantido ao longo de toda a vida do paciente.Juntamente com o tratamento médico, o paciente deve ser mantido afastado das radiações ultravioletas (mantido dentro de casa, principalmente nas horas de sol mais forte) ou o uso de óculos de sol (já disponíveis no mercado).