Cuidar

Envenenamento nos animais

Envenenamento nos animais

Artigos para o lar, tais como plantas, alimentos e produtos químicos quando ingeridos, podem prejudicar a saúde do seu animal de estimação. A cada ano, milhares de animais sofrem e morrem de envenenamento acidental. 

Sabe quais são as toxinas e venenos que tem em casa e que podem fazer mal ao seu animal?

Gatos

As urgências por envenenamento em gatos mais comuns nos nossos serviços são:

1. Ingestão de lírios;

2. Insecticida Canino;

3. Produtos de limpeza;

4. Rodenticidas;

5. Plantas e vernizes;

6. Medicamentos para uso humano;

7. Drogas anfetaminas;

8. Paracetamol

 

Cães

As urgências por envenenamento em gatos mais comuns nos nossos serviços são: 

1. Chocolate;

2. Rodenticidas;

3. Fertilizantes;

4. Chiclets, gomas e outros doces;

5. Pacotes de gel de sílica;

6. Drogas anfetaminas;

7. Produtos de limpeza 

Se suspeitar que o seu animal ingeriu algo que possa ser prejudicial à saúde, contacte imediatamente o seu médico veterinário.

 

Certifique-se que tem as seguintes informações para fornecer ao médico veterinário:

- O que é que o seu animal ingeriu e quando é que foi ingerido;

- Qual a quantidade ingerida (quantos comprimidos, miligramas, etc.);

- A história clínica do seu animal, incluindo os medicamentos que tomou (receitas e suplementos).

 

Vomitar ou não vomitar?

Algumas pessoas acham que se deveria induzir o vómito caso o animal tenha ingerido algo venenoso. No entanto, ao forçar o animal a vomitar pode causar mais danos ou até mesmo ser perigoso se for feito de forma abusiva ou errada. 

 

Lembre-se:

- Se o seu animal já estiver a demonstrar sinais de envenenamento, é tarde demais para provocar o vómito; 

- Se o seu animal de estimação tem alguns problemas médicos (como paralisia laríngea ou síndrome braquicefálico), a indução do vómito não é recomendável e pode piorar a condição do seu animal de estimação.

- Envenenamento por determinadas toxinas (tais como produtos de limpeza corrosivos e hidrocarbonetos, como gasolina, solventes de tintas e querosene) não deve ser induzido o pois pode causar mais danos ao seu animal de estimação.

O mais importante é consultar um veterinário antes de administrar qualquer tipo de tratamento ao seu animal de estimação.

 

Remédios caseiros

No meio do pânico muitas pessoas dão aos seus animais leite, manteiga de amendoim, azeite, óleo vegetal ou sal. No entanto, os remédios caseiros nunca devem ser administrados sem supervisão veterinária e alguns podem mesmo aumentar a absorção intestinal do tóxico.

 

Transportar um animal envenenado

 A manipulação de um animal doente exige precaução extra para assegurar a segurança do seu animal de estimação.

Tente transportá-lo até o carro e tente arranjar alguém que conduza o carro até ao hospital para poder ir observando o seu animal durante a viagem.

Em raras circunstâncias, quando o animal ingeriu um tipo específico de veneno (tal como fosfato de zinco) entre em contacto connosco antes de prestar os primeiros socorros. Os subprodutos destes venenos podem ser extremamente prejudiciais para os seres humanos.

 

Perigos domésticos

 As soluções de limpeza, anticongelantes, perfumes e outros produtos químicos domésticos comuns estão frequentemente dispostos em locais de fácil acesso para os animais de estimação. Verifique se existe ventilação adequada ao usar qualquer produto químico.

 

Mantenha os seguintes produtos químicos domésticos fora do alcance de seu animal de estimação:

 - Ácidos (como os de limpeza do WC);

- Baterias;

- Produtos de limpeza enzimática;

- Amaciadores;

- Anticongelante para os carros;

- Naftalina;

- Solventes de tintas e vernizes;

- Óleos;

- Produtos solventes (como produtos de limpeza usados para remover óleo e graxa).

 

Proteja o seu Animal

Com um pouco de esforço, pode facilmente proteger o seu animal dos perigos domésticos. Alguns conselhos simples podem ajudar a proteger seu animal e evitar emergências por envenenamento.

- Tape o balde do lixo;

- Feche bem os armários onde guarda os produtos de limpeza;

- Guarde os medicamentos dentro de um armário que esteja fora do alcance do seu animal;

- Não armazenar comprimidos em sacos uma vez que estes são fáceis de serem mastigados pelos cães;

- Feche as tampas do WC, especialmente se utilizar um limpador automático de sanitas;

- Mantenha os doces (como chicletes e gomas) fora de seu alcance do animal de estimação.