Cuidar

Hérnia diafragmática

Hérnia diafragmática

O que é uma Hérnia Diafragmática?

O diafragma é um músculo que separa a cavidade torácica da cavidade abdominal. O termo hérnia serve para descrever a situação em que alguns órgãos estão deslocados da sua posição anatómica normal. Assim, na hérnia diafragmática alguns órgãos abdominais, tais como o fígado, estômago e ansas intestinais, deslocam-se para a cavidade torácica através de uma abertura no diafragma.

Quais as suas causas?

A causa mais comum é a ruptura traumática do diafragma através, por exemplo, de um atropelamento ou queda em altura.

Quais as consequências?

A presença de órgãos abdominais na cavidade torácica dificultam a função respiratória, pelo que os sintomas estão normalmente relacionados com insuficiência respiratória. O encarceramento dos órgãos abdominais é também um risco bastante sério e que pode contribuir para a entrada do animal em choque.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é normalmente conseguido através de radiografia torácica que evidencia a presença dos órgãos abdominais na cavidade torácica. Por vezes e para confirmar o diagnóstico pode ser necessário realizar estudos radiografados com meios contrastados ou ecografia.

Qual o tratamento?

O tratamento é cirúrgico e envolve a correcção da laceração do diafragma. Por vezes é aconselhável estabilizar o animal antes de se proceder à correcção cirúrgica para diminuir o risco anestésico.

Qual o prognóstico?

A hérnia diafragmática é uma situação bastante grave e que necessita de cuidados médicos pré e pós-cirúrgicos continuados e o prognóstico depende sobretudo do risco anestésico do animal.