Cuidar

Gatos com asma

Gatos com asma

Os gatos podem ter asma?

A resposta é sim, os gatos podem ter asma. Os sintomas são muito parecidos com os que aparecem nos humanos. Dificuldade em respirar inicialmente, e posteriormente estes gatos exibem um ruído como um sibilo, a tosse pode estar presente e muitas vezes parece que ao tossir se engasgam também.
Em casos severos, estes gatos podem ficar numa posição de sentados com o pescoço completamente estendido para a frente, inspirando e expirando com muita rapidez e com a boca completamente aberta.
Os sinais clínicos podem aparecer rapidamente e serem bastante severos e sérios. Uma pessoa asmática entra em pânico quando não consegue respirar, e o mesmo acontece com os gatos. Faça tudo o que puder para minimizar o stress quando o seu gato está com dificuldade em respirar. Deixá-lo acalmar, colocar na caixa de transporte com muito cuidado para poder trazer ao hospital, se os lábios e língua estiverem de cor escura, é uma emergência médica e deve trazer a um hospital veterinário o mais rapidamente possível.

O que fazer se o seu gato tiver um ataque de asma?

Se o seu gato tiver um ataque de asma, é importante mantê-lo calmo, levá-lo com a máxima urgência ao Hospital, telefone com antecedência para o hospital para explicar o problema para que quando chegue tudo esteja a postos para administração rápida de oxigénio, aplicação de cateter, etc. e para que não haja tempo de espera na área de receção.
 Os gatos com um ataque de asma podem ser considerados animais num estado muito fragilizado, temos que ter muito cuidado na manipulação, pois se for excessiva pode causar a morte do animal.
Nestes casos o ideal é administração de oxigénio até a estabilização total do animal e posteriormente continuar com outros procedimentos de diagnóstico, tais como radiografia pulmonar, administração de fluido terapia, medicamentos.