Cuidar

Os benefícios e mitos da esterilização

Os benefícios e mitos da esterilização

Esterilização… Para uma vida mais longa e saudável.

A Esterilização é benéfica para o seu animal

1. Permite que os cães e os gatos tenham uma vida mais longa e saudável.
2. Diminui o risco de doenças nas vias uterinas, cancro de mama, útero, próstata e testículos;
3. Pode eliminar ou reduzir vários problemas comportamentais.
4. Elimina a possibilidade de cancro do ovário ou do útero nas fêmeas e reduz muito a incidência de cancro mamário, particularmente se a fêmea for esterilizada antes do primeiro cio.

A Esterilização é benéfica para o dono

1. Evita ninhadas não planeadas
2. Normalmente a esterilização tem um efeito positivo no comportamento dos animais, deixando-os mais calmos.
3. Uma fêmea esterilizada deixa de ter o cio, ou de vocalizar continuamente, o que pode ser um problema nas gatas. No caso específico das cadelas, elimina a perda de sangue no período de cio. 

Perguntas mais frequentes:

1. O que é a esterilização?

A esterilização é uma cirurgia através da qual o médico veterinário retira os orgãos reprodutores:
Nas fêmeas, os ovários e o útero (este procedimento chama-se ovariohisterectomia);
Nos machos, os testículos (este procedimento chama-se orquiectomia);

2. Com que idade se deve realizar a esterilização?
De um modo geral, a esterilização efetua-se por volta dos 6 meses.
Contudo, é possível uma esterilização mais precoce sem que ocorra qualquer consequência sobre o desenvolvimento do animal.

3. As fêmeas devem ter uma ninhada antes da esterilização?
Não. O melhor momento para esterilizar é antes do primeiro cio. Não há nenhuma razão médica para ter uma ninhada durante a sua vida. 
Os anticoncecionais para cadelas e gatas são tão bons quanto a esterilização?
Os anticoncecionais têm várias contra-indicações e a longo prazo são prejudiciais para a saúde, ao contrário da esterilização.

4. Os cães/gatos esterilizados são menos másculos?
Os animais não têm o conceito de ego ou de identidade sexual. A esterilização não altera a personalidade do seu animal. Ele não sofrerá nenhuma crise de identidade nem terá nenhuma reação emocional quando esterilizado. Para os animais não-esterilizados, pode ser um verdadeiro terror psicológico experimentar os fortes estímulos para procriação.

5. O comportamento de um animal altera drasticamente após a esterilização?
Na maior parte dos casos, as únicas alterações de comportamento que verá são positivas. Os animais esterilizados têm muito menos tendência a fugir, ficando assim mais caseiros e longe dos diversos perigos das nossas ruas. Os machos esterilizados lutam menos por fêmeas. Os gatos esterilizados tendem a reduzir a marcação de território com urina ou deixam mesmo de apresentar este comportamento, consoante a idade em que foram esterilizados. Se forem esterilizados antes de desenvolver o hábito de marcar território, este comportamento nunca surgirá.

6. Os animais esterilizados engordam?
Se após a esterilização, mudar para um alimento adaptado às novas necessidades do animal, respeitar as quantidades de alimento que o animal ingere e lhe proporcionar suficiente exercício físico, evitando guloseimas o animal não engorda.

 

Mitos sobre a castração/esterilização:

"A castração/esterilização engorda!"

- O animal não engorda devido à castração, mas sim devido à diminuição da sua atividade física. Deve ser exercitado, passeado e a quantidade de alimento poderá diminuir se a atividade física também diminui.

"É muito caro, não posso pagar!"

- As nossas unidades apresentam alternativas a todos os clientes que queiram tratar e/ou operar os seus animais e que à partida tenham algum tipo de limitação financeira. Além disso, o custo da cirurgia será amplamente compensado em futuros gastos, como p.e. alimentação e vacinas das crias, complicações de saúde em animais não castrados, etc…

"As fêmeas devem ter pelo menos uma cria!"

- Ter uma cria não acrescenta saúde ao animal. Quanto mais cedo for realizada a castração, menores são as possibilidades das fêmeas desenvolverem cancro da mama.

"Os animais sofrem com isso!"

- A cirurgia é feita com anestesias, é indolor. A recuperação é na maior parte das vezes feita em menos de uma semana e dentro desse tempo o animal retomará as suas actividades e brincadeiras habituais.

"Estaremos nós a interferir com a natureza?"

- Os animais não têm escolha, seguem apenas o seu instinto. É o dever e obrigação dos donos intervir e prevenir doenças e nascimentos indesejados.

Com a castração/esterilização os animais de companhia e estimação serão beneficiados em algo e não prejudicados. Um dos maiores factores que a castração favorece é a diminuição da taxa de abandono e maus tractos dos animais.
Por último, é importante salientar que o animal castrado não perde sua personalidade, apenas se torna mais sociável por não ficar continuamente sujeito às alterações hormonais.