Quiroprática Animal

A Quiroprática Animal é uma valência da medicina veterinária que se dedica ao diagnóstico e tratamento das perturbações do sistema músculo esquelético, mais especificamente da coluna vertebral.

Os seus princípios fundamentam-se na anatomia, neurologia, fisiologia e biomecânica animal.

Quiroprática Animal

O diagnóstico quiroprático permite detetar Complexos de Subluxação Vertebral (CSV), que não são mais do que uma aberração funcional entre duas vértebras. Esta perturbação no movimento entre duas vértebras pode ocorrer na sequência de um trauma agudo, mas também pode ser decorrente de uma série de microtraumas que ocorrem ao longa da vida do animal. Se não forem adequadamente identificadas e tratadas serão causadoras de dor e de disfunção neurológica. O diagnóstico quiroprático pressupõe então uma palpação dinâmica muito específica no sentido de detetar diminuição ou ausência de movimento entre duas vértebras. Uma vez diagnosticado um bloqueio, o Quiroprata realiza o "Ajuste vertebral" , um movimento de reduzida amplitude mas de grande intensidade, que é aplicado numa orientação muito específica sobre uma determinada região vertebral. A especificidade e a sensibilidade com que o diagnóstico e o ajuste são realizado, faz com que muitos considerem a Quiroprática uma forma de arte.

A Quiroprática deve ser preconizada antes de um plano de reabilitação funcional, uma vez que esta abordagem permite eliminar as interferências que limitam a sua recuperação. Uma metodologia baseada neste princípio permitirá assim que, uma vez eliminadas estas interferências, o animal beneficie ao máximo das técnicas implementadas.