Cuidar

Nadar em segurança

Nadar em segurança

Estamos a um passo da melhor época do ano, a primavera-verão, as temperaturas são elevadas, e os dias são longos e com ela, a vontade nas pessoas e nos cães de se refrescarem. 
Para os animais de estimação, um mergulho parece mais atraente do que nunca. Embora possa ser um bom nadador, a prevenção de acidentes para o seu animal de estimação requer planeamento adequado e supervisão cuidadosa para obter uma vantagem inicial nesta temporada.

- Nunca deixe animais de estimação sem supervisão em torno de uma piscina.

- A instalação de uma cerca ou barreira à volta da piscina é outra maneira de manter os animais de estimação em segurança e evitar que afogamento acidental. Certifique-se de instalar uma cerca ou barreira transparente, tornando-o mais fácil de ver quem está na piscina. Cerca sua piscina com um portão seguro, e nunca deixe o seu cão sem supervisão.

- Certifique-se de que os animais de estimação conseguem sair da piscina. Mesmo os cães que são bons nadadores podem entrar em pânico quando caem na água, e nos lados da piscina escorregadia são difíceis de subir quando a exaustão se instala. Nem todos os animais de estimação são excelentes nadadores, por isso, se a água é uma parte integrante da sua vida, deve adaptá-lo desde cedo para a água gradualmente.

- Em barcos, certifique-se que o seu animal de estimação usa colete salva-vidas e consulte o seu médico veterinário, se achar que o seu animal de estimação precisa de medicação para o enjoo.

- Tente não deixar que o seu animal de estimação beba água da piscina. Cloro e produtos químicos são utilizados para manter as piscinas livres de algas e contaminantes que podem causar problemas de saúde no animal de estimação, tais como boca seca ou desconforto gástrico.

- Tente não deixar o seu animal de estimação beber água de lagoas, lagos ou poças de água, uma fonte comum de parasitas, que embora não seja fatal, pode provocar diarreia e existe uma pequena possibilidade de que ele possa ser transferido para outros membros da família.

- Apesar de seu cão estar ansioso para mergulhar na piscina num dia quente de verão, deve ser estabelecer limites para os cães de uma certa idade ou condições médicas. Deve sempre consultar o seu médico veterinário antes de permitir que o amigo de quatro patas entre na água.

Embora existam muitas maneiras eficazes para garantir a segurança do seu animal de estimação, a medida cautelar mais importante é a supervisão adequada. Isto, aliado a ensinar a nadar e sair corretamente da água, pode fazer da natação um desporto divertido e seguro.

Seguindo essas dicas básicas de segurança na natação vai ajudá-lo a manter o seu animal de estimação seguro neste verão.