Error loading MacroEngine script (file: PageHeader.cshtml)

Estenose aórtica

Estenose aórtica

O que é ?

A estenose aórtica é uma das 3 patologias cardíacas congénitas mais comuns no cão. Trata-se de uma malformação da válvula aórtica, ou mais frequentemente da região subvalvular, que leva a uma obstrução à saída do sangue do coração através da aorta, em direcção a todo o corpo. Existem vários tipos de lesões subvalvulares classificados em 3 graus. Estas lesões podem não estar presentes à nascença, e desenvolver-se nos primeiros meses de vida, motivo pelo qual esta patologia não se pode considerar verdadeiramente congénita. É no entanto hereditária, motivo pelo qual é desaconselhada reprodução de animais afectados, de modo a evitar a sua propagação.

Como se diagnostica?

Os primeiros sintomas são observados normalmente após o primeiro ano de vida e consistem em intolerância ao exercício e desmaio ou mesmo morte súbita durante períodos de excitação ou exercício. Muito antes dos primeiros sintomas no entanto, a detecção de um sopro cardíaco, deverá alertar para a presença de uma patologia cardíaca, e um especialista deve ser consultado de forma a obter um diagnóstico e um tratamento. O diagnóstico é obtido por meio de uma ecografia ao coração, ecocardiografia.

Como se trata?

Os tratamentos actualmente disponíveis consistem no uso de medicamentos beta-bloqueadores com o intuito de tentar preservar e minimizar o desgaste do músculo cardíaco, e assim atrasar a evolução da doença. A valvuloplastia aórtica, que consiste numa tentativa de dilatação da válvula aórtica por meio de cateterismo cardíaco, está à nossa disposição e deverá ser utilizada em todos os casos de lesão valvular. Infelizmente este tipo de lesão é o menos comum, sendo as lesões subvalvulares as mais frequentemente observadas.